sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Angola. Gestores públicos recebem do PR ordem para poupar





Presidente reuniu com PCA de algumas das principais empresas públicas, a quem disse que, em 2015, vai ser preciso apertar o cinto. Nova lei do sector deve ser publicada este ano.

David Rodrigues e Francisco de Andrade

O Presidente da República reuniu na semana passada com os líderes de algumas das principais empresas públicas, a quem deu instruções para cortarem nos gastos, este ano, depois de explicar o contexto que o País vive. O encontro ocorreu no mesmo dia em que José Eduardo dos Santos analisou com o MPLA a situação do País, face à quebra do preço do petróleo, encontro de onde saiu um apelo do partido no poder para se iniciar o processo de preparação do um Orçamento Geral do Estado revisto.
O Presidente foi claro, apurou o Expansão junto de um dos presentes. Em 2015, a ordem é para cortar nos gastos em geral, incluindo, nalguns casos, em investimentos, para que não tenham de ser sacrificados os trabalhadores.
A revisão da despesa do Estado num sector que deverá ser fortemente deficitário como o das empresas públicas já estava, aliás, expressa na proposta inicial de OGE 2015, mas deverá ser mais intensa no OGE revisto.

Enviar um comentário