sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Luanda. Domingos Da Cruz É UM HOMEM LIVRE!


Perante o juiz, o Ministério Publico admitiu as suas acusações nao tinham respaldo legal porque sustentou-se anteriormente numa lei que foi revogada e desta forma retirou/desistiu do caso.

Com base nesta posição, o juiz encerou o caso de supostos crimes contra o Estado acusados ao jornalista Domingos da Cruz.

Esquisitamente, depois de ter encerrado o caso, na sua capacidade pessoal, o juiz deu um conselho ao ex-réu Domingos da Cruz... Conselho esse que pareceu ser mais de um agente do regime do que de um juiz.

O juiz aconselhou o ex-réu de que teria de ser mais prudente nas suas actividades, olhando sempre no seu benefício pessoal. Acrescentou que o jovem Domingos devia evitar agir sob influência de terceiros (como no caso do artigo que publicou durante o julgamento).

No meu entender, o juiz disse-lhe para cuidar da sua vida, sua familiar e amigos e mandar lixar o interesse público.

Em conversa com os jovens activistas, Domingos da Cruz admitiu que o seu caso apenas teve este bom desfecho graças ao esforço e a pressão que muitos intervenientes exerceram sobre o sistema angolano.

No entanto, no dia 19 de Setembro de 2013, a partir das 15 horas, estaremos na MANIFESTACAO CONTRA AS INJUSTICAS SOCIAIS EM ANGOLA no Largo da Independência em Luanda.
In Pedrowski Teca. Fcebook


Enviar um comentário