quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Angola: Enaltecida visão estratégica do PR na criação do Processo Kimberley




Luanda - A visão estratégica e clarividência do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na criação do Processo Kimberley, que permitiu impedir o fluxo dos chamados "diamantes de sangue", foram destacadas hoje, segunda feira, na capital do país.

ANGOP

Segundo Bernardo Campos, que discursava na cerimónia de apresentação oficial da presidência de Angola do Processo Kimberley, graças à visão estratégica do Chefe de Estado angolano, o mundo conheceu o primeiro certificado inviolável que passou a testemunhar a origem e qualidade dos diamantes.
Neste contexto , o presidente do processo Kimberley referiu que os diamantes, que antes eram utilizados para alimentar conflitos armados, são hoje chamados em Angola "diamantes do desenvolvimento e da prosperidade".
Disse ainda que Angola está no Conselho de Segurança das Nações Unidas como membro não permanente e é presidente da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos, fruto do empenho, liderança, visão estratégica e posicionamento geopolítico no quadro das relações internacionais.
Bernardo Campos frisou que, com a presidência do Processo Kimberley,  Angola vai continuar a trabalhar com vista ao reforço da unidade dos três pilares do referido processo, designadamente os governos, indústria e sociedade civil.

Enviar um comentário