terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

MPLA e Polícia Nacional na Lunda-Norte destroem instalações da UNITA em Kambulu







Depois do secretário provincial da maior força política no nosso país, Domingos Oliveira, ter denunciados a ocorrência de intolerância política no município do Luremo, provincia da Lunda-Norte, que resultou no ferimento de 20 membros desta formação política, dos quais três gravemente feridos e na destruição total da Viatura do seu Secretário provincial, o partido voltou a queixar de mais um acto violento perpetrado pela polícia nacional naquela província.
Segundo um dos responsável deste partido, a polícia destruiu o seu Comité Municipal do Kambulu, que ainda se encontrava em construção. O responsável fez saber que os membros do seu partido estão ser perseguidos e encontram-se neste momento dispersos.
“A secretária municipal que é a administradora, mandou a procuradoria municipal de resolver o problema e este disse que o problema era administrativo. Inconformada com a posição do Procurador, a administradora mandou uma máquina caterpilar que destruiu a obra, na presença de efectivos policiais aqui no município. Estão a ameaçar-nos, quer dizer a situação é grave. Eles perseguem todos os membros do comité municipal, no município do Kambulu, isso na Lunda Norte. Estamos cada um a seu sítio”, declarou o responsável do partido naquela localidade.
Unita

Enviar um comentário